sexta-feira, 1 de maio de 2009


Santa Teresa é um bairro dividido entre a classe média-alta, média e baixa. Ele possui um grande número de artistas, contrastando com o grande número de moradores das favelas que circundam o bairro. Com cerca de 45.000 habitantes, Santa Teresa é conhecida pelas construções históricas e pelos bondes que circulam em suas ruas.
Faz limite com os bairros da Glória,
Catete, Botafogo, Laranjeiras, Cosme Velho, Silvestre, Humaitá, Centro, Catumbi e Rio Comprido. Ele está localizado na Zona Sul em uma colina com raízes no bairro da Lapa (Rio de Janeiro).
Também há no bairro um pólo gastronômico, principalmente ao redor do Largo dos Guimarães, área nobre do bairro. Santa Teresa vem se firmando como uma das principais atrações turísticas do Rio de Janeiro e está se tornando conhecido como o Montmartre carioca, devido ao grande número de artistas que possuem ateliê e residem no local. Por causa desse alvoroço cultural, empresários estrangeiros estão investindo em Santa Teresa, adquirindo e reformando propriedades no bairro, como é o caso do Hotel Santa Teresa e do Castelo São Fernando. A valorização que vem ocorrendo no mercado imobiliário do bairro é fruto de um "frenesi" que toma conta dos cariocas, resultado da revitalização da região central da cidade. Atualmente, pertence à Subprefeitura da Tijuca e adjacências.

Um comentário:

Merikol Du'arte disse...

òtimo Post. Continue difundindo a cultura de nosso país.

Beijos.